Facebook Uniodonto Santa Catarina    Instagram Uniodonto Santa Catarina

Notícias

Mau hálito: dicas importantes para ficar longe dele!


22/10/2018

A maioria das pessoas acha que o mau hálito tem origem no estômago, mas apenas 1% dos casos é ligado a ele. Apesar de ser atribuída a vários fatores – desde estresse até doenças do aparelho digestivo –, cerca de 90% dos casos de halitose têm origem na boca. Os outros 10% podem estar ligados a distúrbios digestivos, metabólicos, hormonais, hepáticos, renais e nas vias aéreas superiores, além da falta de vitaminas.

O dentista especializado em halitose é a pessoa mais indicada para prescrever o tratamento quando a origem está na cavidade bucal. Quando está relacionado a outras causas, a pessoa com mau hálito também deve procurar outros profissionais de saúde para complementar o tratamento.

Dicas para evitar o mau hálito

• Use o fio dental: antes ou depois da escovação é importante usar o fio dental para remover o alimento que possa ter ficado entre os dentes. Isso evita a proliferação das bactérias.

• Higienize a língua: quando a crosta esbranquiçada que reveste a parte superior da língua (saburra) for espessa, use um limpador apropriado. Quando for fina ou invisível, limpe delicadamente com uma gaze.

• Não adianta disfarçar com balas e chicletes: esses produtos contêm açúcar e podem acabar estimulando a produção do ácido produzido pelas bactérias– o que causa mau hálito e cáries.

• Beba muita água: mas evite as bebidas alcoólicas e com cafeína, como café, chá preto, chá verde e mate. O álcool e cafeína, quando consumidos em grande quantidade, têm a propriedade de deixar a boca seca, criando um ambiente favorável às bactérias causadoras de cáries e mau hálito.

• Evite os doces: principalmente entre as refeições e antes de dormir, já que a quantidade de saliva diminui durante o sono, contribuindo para piorar o hálito.

• Cuidado com alguns alimentos: aqueles derivados de leite, carne vermelha e de peixe favorecem a alteração do odor bucal. Eles devem ser comidos com moderação. Por outro lado, inclua mais frutas e vegetais crus à sua alimentação – como cenoura, pepino e erva-doce.

• Procure um dentista a cada seis meses para fazer a limpeza dos dentes e identificar cáries, infecções e outros problemas que podem contribuir para a halitose.

Quero saber mais sobre os planos odontológicos da Uniodonto, clique aqui.

Sedes em Blumenau e Criciúma- Escritórios em Joinville - Itajaí - Rio do Sul - Chapecó - Florianópolis

Copyright 2013 - Uniodonto SC - Rua Vitória, 123 - Bairro Centro - Blumenau - Santa Catarina - CEP: 89010-250 - Fone / Fax: (47) 3037-8000
Responsável Técnico Uniodonto Federação (CRO-SC-EPAO-630) - Dr. Marcos Adolf Prinz (CRO-SC 2387)
Responsável Técnico Uniodonto Administradora (CRO-SC-EPAO-327) Dr. Beato Ari Stingelin - (CRO-SC-558)