Facebook Uniodonto Santa Catarina    Instagram Uniodonto Santa Catarina

Notícias

Pulpite: saiba o que é e como tratar


13/06/2017

A pulpite é uma reação inflamatória que acontece na polpa dentária, ou seja, no tecido nervoso presente no interior de todos os dentes. Ela pode estar associada a um histórico de trauma dentário, mas o principal causador do problema é a cárie em estágio avançado. Por isso a importância de não ignorar a dor de dente, principalmente quando for contínua.

Diferentemente da dor provocada pela sensibilidade, que se manifesta em ocasiões específicas, o desconforto causado pela pulpite é contínuo e intenso. Isso ocorre por causa da pressão feita pela polpa do dente quando está inflamada.

Quando diagnosticada e tratada precocemente, a pulpite pode ser reversível. Por isso a importância de procurar um dentista assim que a dor de dente surgir.

O tratamento dependerá do grau em que o problema se encontra. Geralmente é feito o processo de capeamento pulpar indireto seguido da restauração do dente. Se estiver no estágio irreversível é preciso fazer a pulpectomia, que é a remoção da polpa dentária, e realizar o tratamento de canal. De todo jeito, após realizada a intervenção necessária, o problema será resolvido de uma vez por todas.

Prevenção é o melhor remédio!

A frase é um pouco batidinha, porém é a mais verdadeira quando falamos de saúde bucal. Uma simples cárie quando não tratada no início, por exemplo, pode se transformar em um tratamento de canal ou mesmo demandar a extração do dente. Mesmo um simples sangramento na gengiva, dependendo da recorrência, pode indicar sintomas de inflamações mais graves que podem levar à perda óssea ou dental.

Razões para você visitar seu dentista:

- Evitar que um probleminha vire um problemão: com visitas frequentes ao dentista é possível evitar que problemas se agravem, demandando tratamentos mais complexos e custosos.

- Diagnosticar doenças graves no início: doenças como o câncer bucal podem ser diagnosticadas em estágio inicial a partir de uma consulta com seu dentista. Quando diagnosticado no início e tratado da maneira adequada, a maioria (80%) dos casos desse tipo de câncer tem cura.

- Melhorar a higienização: idas regulares ao dentista ajudam a corrigir eventuais deslizes que podem prejudicar, e muito, a saúde da sua boca no futuro.

- Sai mais barato que um tratamento: uma justificativa comum para não ir ao dentista é a questão dos valores dos tratamentos. O problema é que quanto mais complexo ele for, mais caro ele vai custar. Então, o ideal é ir ao dentista a cada seis meses para realizar uma boa higienização e, claro, prevenir doenças.

Quero saber mais sobre os planos odontológicos da Uniodonto, clique aqui.

Sedes em Blumenau e Criciúma- Escritórios em Joinville - Itajaí - Rio do Sul - Chapecó - Florianópolis

Copyright 2013 - Uniodonto SC - Rua Vitória, 123 - Bairro Centro - Blumenau - Santa Catarina - CEP: 89010-250 - Fone / Fax: (47) 3037-8000
Responsável Técnico Uniodonto Federação (CRO-SC-EPAO-630) - Dr. Marcos Adolf Prinz (CRO-SC 2387)
Responsável Técnico Uniodonto Administradora (CRO-SC-EPAO-327) Dr. Beato Ari Stingelin - (CRO-SC-558)