Facebook Uniodonto Santa Catarina    vCard Uniodonto Santa Catarina

Notícias

Saiba como auxiliar um idoso com dificuldades na sua higiene bucal


08/06/2017

Para quem tem boa saúde, escovar os dentes é uma das tarefas simples do dia a dia. No entanto, quando as limitações aparecem tudo fica mais difícil. Mas você sabe como ajudar um vovô ou vovó a cuidar de sua higiene bucal?

Quando o idoso ainda tem coordenação motora, é importante que a família dê incentivo para que ele não esqueça a escovação. Porém quando a pessoa fica impossibilitada é importante receber a ajuda de um familiar ou cuidador.

Todos devem estar cientes que os cuidados com a saúde bucal são tão importantes nessa fase da vida quanto em qualquer outra. A higiene bucal ajuda a evitar uma série de complicações para o idoso, como sangramento gengival ou infecções.

A atenção vale para quem também usa prótese, parcial ou total. Neste caso a limpeza deve ser feita em duas etapas: a primeira fazendo a higiene apenas da prótese, com uma escova de cerdas duras, e a segunda parte é a limpeza da boca, escovando a gengiva, língua e o céu da boca.

Além disso é importante que o idoso visite regularmente o dentista!

Auxiliando durante a escovação

Se a pessoa não consegue fazer sua higiene bucal sozinha, o cuidador deve ajudá-la da seguinte maneira: - Colocar a pessoa sentada em frente à pia ou na cama, com uma bacia.

- Usar escova de cerdas macias e sempre que possível usar também o fio dental.

- Colocar pequena porção de pasta de dente para evitar que a pessoa engasgue.

- Escove os dentes.

Doenças mais comuns na terceira idade

Xerostomia

Também chamada de boca seca, é a diminuição da quantidade de saliva, que é comum em quem toma muitos medicamentos, como os antidepressivos.

Cáries

Com o envelhecimento, algumas alterações bucais podem dificultar a higienização e facilitar o aparecimento de problemas nos dentes e tecidos ao redor. A gengiva pode sofrer retrações o que faz com que os dentes pareçam mais longos. Esse processo expõe a raiz do dente, aumentando o risco “cárie de raiz”, que além de destruir o dente, pode causar hipersensibilidade da dentina.

Problemas nas pontes/próteses totais

A maneira correta de higienizar a prótese é segurar firme, para evitar que caia e sofra uma fratura, e limpar com uma escova para prótese e um sabão neutro. A limpeza deve ser feita após toda vez que se alimentar. Duas vezes por semana é recomendado colocar as próteses durante 30 minutos em uma solução com 100 ml de água e uma colher de chá de água sanitária ou fazer uso de comprimidos efervescentes comercializados em farmácias.

Lesões da mucosa bucal (candidíases, leucoplasias, câncer bucal)

Na terceira idade o risco de surgirem lesões decorrentes de próteses mal adaptadas ou de algum outro fator como o fumo ou bebidas alcoólicas é maior. Em frente ao espelho, com uma boa iluminação, procure por lesões na gengiva, língua, bochechas, assoalho e palato. Se encontrar qualquer alteração procure um dentista imediatamente. Repita o autoexame mensalmente.

Periodontite

Problema de inflamação gengival que se agrava e leva à perda do osso de suporte dos dentes, deixando-os amolecidos. Essa doença deve ser tratada e controlada através de sessões de raspagem.

Quero saber mais sobre os planos odontológicos da Uniodonto, clique aqui.

Sedes em Blumenau e Criciúma- Escritórios em Joinville - Itajaí - Rio do Sul - Chapecó - Florianópolis

Copyright 2013 - Uniodonto SC - Rua Vitória, 123 - Bairro Centro - Blumenau - Santa Catarina - CEP: 89010-250 - Fone / Fax: (47) 3037-8000
Responsável Técnico Uniodonto Federação (CRO-SC-EPAO-630) - Dr. Fred Zimmermann (CRO-SC 610)
Responsável Técnico Uniodonto Administradora (CRO-SC-EPAO-327) Dr. Beato Ari Stingelin - (CRO-SC-558)