Facebook Uniodonto Santa Catarina    vCard Uniodonto Santa Catarina

Notícias

Pasta de dente: você sabe do que ela é feita?


25/04/2017

Hoje em dia a gente nem se dá conta, mas a pasta de dente foi uma das invenções revolucionárias para a saúde bucal. Muito diferente do que são na atualidade, as primeiras pastas tinham em sua composição cinzas de casco de vaca, cascas de ovos queimadas, ossos triturados, conchas de moluscos e até cascas de árvores.

A pasta de dente similar a que conhecemos só surgiu em 1859, inventada pelo dentista estadounidense Washington Wentworth Sheffield, que consistia de um pó branco que era esfregado nos dentes para que o atrito com eles removesse as sujeiras. Seu filho, porém, achou que seria melhor alterar a fórmula para caber dentro de tubos e ter uma aplicação mais prática.

Mas você sabe qual a sua composição? Confira:

Flúor - talvez o ingrediente principal das pastas de dente, o flúor é responsável por se incorporar ao esmalte dos dentes, deixando-os mais resistentes a ação de ácidos, atritos e agindo para prevenir as cáries e as placas bacterianas.

Espessantes - são responsáveis por deixar as pastas de dentes com a textura espessa e viscosa de gel, como o creme que conhecemos. Os mais usados em pasta de dentes são: carbômero 956, carregenina e carboximetilcelulose de sódio.

Detergentes - além de sua textura viscosa, outra característica essencial das pastas de dente é fazer espuma. Para isso, são adicionados produtos detergentes à sua fórmula como Lauril sulfato de sódio.

Abrasivos - são cristais quase microscópicos adicionados ao creme para funcionar como lixa, removendo resíduos e manchas que encobrem os dentes, também polindo seu esmalte dental.

Colorantes – como a pasta de dente é composta por alguns produtos químicos, é bem possível que sua cor original não fosse muito agradável aos nossos olhos. Por isso são adicionados corantes.

Umectantes - como o próprio nome diz, são responsáveis pela textura hidratada da pasta de dente e evitam com que ela resseque.

Conservantes – como ficam expostas durante um período bastante considerável (um tubo de pasta de dentes pode durar meses aberta) à temperatura ambiente, precisam conter substâncias que contenham a proliferação de bactérias e outros micro-organismos.

Emulsificantes - são responsáveis por tornar a pasta uma mistura homogênea e uniforme, para que não se separem conforme o tempo.

Sabor - com todos os componentes químicos que possui, se não fossem pelos aditivos de sabor, com certeza não seria nada agradável escovar os dentes!

Quero saber mais sobre os planos odontológicos da Uniodonto, clique aqui.

Sedes em Blumenau e Criciúma- Escritórios em Joinville - Itajaí - Rio do Sul - Chapecó - Florianópolis

Copyright 2013 - Uniodonto SC - Rua Vitória, 123 - Bairro Centro - Blumenau - Santa Catarina - CEP: 89010-250 - Fone / Fax: (47) 3037-8000
Responsável Técnico Uniodonto Federação (CRO-SC-EPAO-630) - Dr. Fred Zimmermann (CRO-SC 610)
Responsável Técnico Uniodonto Administradora (CRO-SC-EPAO-327) Dr. Beato Ari Stingelin - (CRO-SC-558)