Facebook Uniodonto Santa Catarina    Instagram Uniodonto Santa Catarina

Notícias

Mudanças na boca? Elas podem estar relacionadas com a menopausa!


01/03/2017

A menopausa provoca uma série de alterações no corpo da mulher, e algumas dessas mudanças ocorrem na boca, onde as variações hormonais podem levar a sintomas orais desfavoráveis.

A menopausa ocorre em mulheres que estão entre 45 e 55 anos de idade. Em algumas, de forma precoce, pode acontecer por volta dos 40 anos. Nesta fase, com a diminuição do hormônio estrógeno, ondas de calor, transpiração excessiva e até mesmo problemas com a saúde bucal, acabam interferindo no bem-estar da mulher.

Problemas que podem afetar sua boca:

- Síndrome da boca ardente: alteração hormonal que causa dor intensa e pode afetar a língua, lábios, palato, gengivas e áreas de suporte da dentadura.

- Boca seca: com a diminuição de estrogênio, pode causar secura na boca.

- Alterações na mucosa: gengiva pode sangrar com facilidade e parecer pálida, seca e brilhante.

- Periodontite: as mulheres podem se tornar mais susceptíveis a esta forma destrutiva das gengivas/doença periodontal após a menopausa.

- Osteoporose: a perda óssea de tecidos de suporte do dente pode estar relacionada a ela.

- Distúrbios de alimentação: angústia psicológica relacionada à menopausa pode levar a hábitos alimentares inadequados, incluindo o vômito intencional.

Esses hábitos podem causar trauma à boca, incluindo erosão do esmalte do dente.

Nesta fase da vida, o acompanhamento com profissionais especializados no assunto é fundamental. Muitas vezes, com reposição hormonal e alguns cuidados os sintomas são amenizados.

O problema da gengivomastite menopáusica

Uma das perturbações mais comuns na saúde oral durante a fase da menopausa é a gengivomastite menopáusica. Esta condição caracteriza-se principalmente por três fatores: alteração da cor das gengivas (muito pálidas ou muito escuras), gengivas que sangram frequentemente e facilmente, gengivas secas ou brilhantes. Se verificar estes sintomas, deve consultar o seu dentista imediatamente.

Ter uma boa higiene bucal e consultar o dentista com frequência são requisitos importantes para prevenir e tratar problemas. Lembre-se: as perturbações dentárias e gengivais podem facilmente piorar se não forem tratadas adequadamente.

Quero saber mais sobre os planos odontológicos da Uniodonto, clique aqui.

Sedes em Blumenau e Criciúma- Escritórios em Joinville - Itajaí - Rio do Sul - Chapecó - Florianópolis

Responsável Técnico Uniodonto Administradora (CRO-SC-EPAO-327) Dr. Beato Ari Stingelin - (CRO-SC-558)
Rua Vitória, 123 - Bairro Centro - Blumenau - Santa Catarina - CEP: 89010-250 - Fone / Fax: (47) 3037-8000
Responsável Técnico Uniodonto Federação (CRO-SC-EPAO-630) - Dr. Marcos Adolf Prinz (CRO-SC 2387)
Rua João Pessoa, 10 - Bairro Centro - Blumenau - Santa Catarina - CEP: 89012-473 - Fone / Fax: (47) 3041-8070