Facebook Uniodonto Santa Catarina    Instagram Uniodonto Santa Catarina

Notícias

Você sabia que o sol é amigo dos dentes?


22/02/2017

Como é bom curtir dias de sol para ir à praia, piscina ou para passear, não é mesmo? Dias ensolarados podem ir além de proporcionar momentos de diversão: nosso astro-rei faz muito bem ao nosso corpo, inclusive os dentes!

Por meio dos raios do tipo ultravioleta B, nosso organismo obtém a vitamina D e, com ela, melhora a absorção do cálcio, fortalecendo os ossos (neste caso também os dentes).

Para ter a quantidade ideal de vitamina D no organismo, uma pessoa adulta necessita consumir, em média, 5 microgramas por dia de da vitamina e garantir uma exposição à luz do sol de pelo menos 20 minutos por dia, sem o uso de protetor solar. Vale lembrar que pessoas com pele mais escura possuem menor capacidade de sintetizar a vitamina D, o que requer dela uma exposição ao sol com maior frequência ou mesmo por um tempo maior.

A má alimentação por falta de ingestão de alimentos ricos em vitamina D pode favorecer o surgimento de doenças como as cardíacas, pressão alta, artrite reumatoide.

Entre os alimentos podemos achar vitamina D nos peixes, frutos do mar e outros com certo teor de gordura, visto que ela é lipossolúvel. Os peixes de água fria possuem boa concentração de vitamina D em sua gordura, como o atum, salmão, sardinha, cavala, arenque, bacalhau, principalmente no fígado, como o famoso óleo de fígado de bacalhau. Ela é encontrada ainda na gema de ovo, leite, iogurte, manteiga e cogumelos. Juntamente com eles é importante também o consumo de alimentos ricos em cálcio, pois um ajuda na absorção do outro.

Alguns sintomas de baixa concentração de vitamina D:

- Diminuição do cálcio e do fósforo no sangue

- Fraqueza muscular

- Irritabilidade, inquietação, anorexia e suor excessivo podem surgir nas crianças

- Osteoporose nos idosos

- Raquitismo

A vitamina D pode ser dosada no sangue, por meio do exame 25 hidroxivitamina D sérica. Se ela estiver abaixo de 20 nanogramas por ml (ng/ml), ela está deficiente; entre 21 e 29 ng/ml está insuficiente, e acima de 30 ela está suficiente. O risco de hipervitaminose D é muito difícil, visto que ela é destruída pela exposição solar quando em excesso.

É possível ainda fazer a reposição por suplementação vitamínica, seja por gotas ou drágeas. Neste caso, uma avaliação com seu médico é importante para saber qual dose da vitamina ingerir.

Quero saber mais sobre os planos odontológicos da Uniodonto, clique aqui.

Sedes em Blumenau e Criciúma- Escritórios em Joinville - Itajaí - Rio do Sul - Chapecó - Florianópolis

Responsável Técnico Uniodonto Administradora (CRO-SC-EPAO-327) Dr. Beato Ari Stingelin - (CRO-SC-558)
Rua Vitória, 123 - Bairro Centro - Blumenau - Santa Catarina - CEP: 89010-250 - Fone / Fax: (47) 3037-8000
Responsável Técnico Uniodonto Federação (CRO-SC-EPAO-630) - Dr. Marcos Adolf Prinz (CRO-SC 2387)
Rua João Pessoa, 10 - Bairro Centro - Blumenau - Santa Catarina - CEP: 89012-473 - Fone / Fax: (47) 3041-8070