Facebook Uniodonto Santa Catarina   Instagram Uniodonto Santa Catarina   WhatsApp Uniodonto Santa Catarina   Linkedin Uniodonto Santa Catarina

Notícias

Herpes labial: cuide-se e leve uma vida normal


07/12/2016

Se tem algo desagradável, principalmente quando temos algum evento importante para participar, são aquelas feridinhas que aparecem na região dos lábios, não é mesmo?

O herpes simples é causado pelo vírus conhecido cientificamente por HSV-1 e afeta muitas pessoas. O paciente pode começar a receber sinais de que o herpes labial vai surgir de 6 a 48 horas antes do surgimento das lesões que geralmente vem em forma de formigamento, dor ou coceira nos lábios. Em situações mais críticas, a infecção também pode afetar a gengiva, faringe, língua, céu da boca, interior das bochechas e, às vezes, a face e o pescoço.

Para quem já tem herpes, alguns fatores podem desencadeá-lo, como por exemplo, o sol, a má alimentação, o estresse, o sono ruim e a tristeza ou depressão. Todas essas situações geralmente enfraquecem o sistema imunológico, o que pode ativar o vírus e favorecer o surgimento das lesões.

Apesar de não haver cura, ter esse problema não significa que você precisa viver de forma privada. Porém alguns cuidados são fundamentais.

Evite beijar com as feridinhas!

O herpes pode ser transmitido através do contato com a lesão ou do compartilhamento de objetos, como toalha e maquiagem. Então, enquanto você tiver as feridinhas na boca, o melhor a fazer é evitar beijar. Quando uma pessoa infectada beija outra durante o episódio de infecção, a transmissão torna-se possível. Então se isso aconteceu justo no dia do seu encontro, infelizmente, é melhor adiar.

Proteja-se do sol

Dias mais quentes causam transtornos para quem tem herpes, pois a exposição solar diminui a quantidade de linfócitos em nosso corpo, baixando a imunidade. Nesse caso o melhor é usar um stick labial com proteção solar, podendo ser usado várias vezes por dia.

Dicas para ter uma vida normal

- Adote uma alimentação saudável para manter seu sistema imunológico em alta.

- Visite um dermatologista sempre que for preciso para acompanhar e tratar do vírus.

- Use medicações de acordo com as dicas do profissional.

- O herpes tem afinidade pelas terminações nervosas. Então, tente não se estressar para evitar possíveis crises.

Ciclo do vírus

1ª fase: estresse TPM, ressaca alcoólica, sol, baixa imunidade ou febre podem ativar o vírus

2ª fase: comichão (6 a 48 horas) Coceira, incômodo e inchaço são sinais de que o vírus se prepara para sair e provocar a lesão

3ª fase: lesão (7 a 10 dias) Coceira, ardor, feridas na pele e mucosa são fatores presentes na época em que o vírus é potencialmente contagioso e se multiplica

4ª fase: estado de latência Não há sintoma. O vírus “dorme” e não é contagioso

Quero saber mais sobre os planos odontológicos da Uniodonto, clique aqui.

Sedes em Blumenau e Criciúma- Escritórios em Joinville - Itajaí - Rio do Sul - Chapecó - Florianópolis

Responsável Técnico Uniodonto Administradora (CRO-SC-EPAO-327) Dr. Beato Ari Stingelin - (CRO-SC-558)
Rua Vitória, 123 - Bairro Centro - Blumenau - Santa Catarina - CEP: 89010-250 - Fone / Fax: (47) 3037-8000
Responsável Técnico Uniodonto Federação (CRO-SC-EPAO-630) - Dr. Marcos Adolf Prinz (CRO-SC 2387)
Rua João Pessoa, 10 - Bairro Centro - Blumenau - Santa Catarina - CEP: 89012-473 - Fone / Fax: (47) 3041-8070