Facebook Uniodonto Santa Catarina   Instagram Uniodonto Santa Catarina   WhatsApp Uniodonto Santa Catarina   Linkedin Uniodonto Santa Catarina

Notícias

Saiba mais sobre o desenvolvimento dos primeiros dentes da criança


17/11/2016

Por volta dos seis meses de idade eles já começam a aparecer e deixam aquele sorrisinho ainda mais fofo. A erupção dos dentes de leite é uma fase muito especial, mas que causa muita ansiedade aos pais.

Os primeiros dentinhos de uma criança são os incisivos centrais inferiores, seguidos dos incisivos centrais superiores e os laterais (já perto do 12º mês). Por volta dos 18 meses erupcionam os primeiros molares de leite, e aos dois anos e meio, em média, a criança já está com sua dentição de leite completa (dez na arcada dentária superior e dez na arcada inferior).

Essa transformação causa certo sofrimento aos bebês, pois ele sofre uma série de mudanças físicas, psicológicas e de comportamento. Nesta fase a criança pode liberar sua agressividade com o ato de morder, mastigar e se alimentar.

Sintomas comuns da erupção dos dentes de leite

A vinda dos dentes é uma ocorrência natural e fisiológica e alguns distúrbios podem aparecer nesse período, porém o comportamento de cada criança é diferente. Algumas situações como irritabilidade, salivação aumentada, febre, diarreia, gengivite, redução do apetite, apatia e perturbações gastrointestinais podem ser observadas durante a erupção.

Os brinquedos e a mãozinha acabam indo mais vezes à boca, por causa do desconforto gengival, podendo causar diarreias, vômitos e febre.

Outra coisa comum nessa época é o bebê começar a babar. Isso pode estar relacionado também ao incômodo da erupção dentária e à maturação das glândulas salivares (que ocorre por volta do sétimo mês de vida), e que aumentam sua viscosidade e dificulta que o bebê engula toda a saliva produzida.

A parte boa é que todos esses sintomas são temporários e devem desaparecer em algumas semanas, assim que os dentes irrompem na cavidade bucal. Por isso papais, tenham calma! É imprescindível que vocês compreendam esse processo e tomem as medidas necessárias para que os pequenos passem por isso sem grandes agitações.

Alivie o desconforto do bebê

Oferecer mordedores ao bebê é uma boa opção para trazer alívio para a "coceira" gengival. Se ela estiver geladinha, terá uma ação calmante sobre a gengiva irritada. Caso o bebê não aceite os mordedores, uma fralda de pano molhada com o suco que ele gosta e gelado pode ser uma saída. Existem ainda dedeiras para massagear a gengiva.

Quando iniciar a higiene bucal?

Assim que o primeiro dente apontar na boca é importante que se inicie a rotina de higiene bucal. Enquanto o bebê tiver apenas os dentinhos da frente, a limpeza ocorre com o auxílio de uma fralda de algodão ou gaze seca ou umedecida em água filtrada ou, ainda, uma dedeira.

Ao surgir os primeiros molares (os do “fundão”), por volta dos 14 meses, é obrigatória a introdução da escova e o uso do creme dental. O dentista vai avaliar se este último será com ou sem flúor.

Quero saber mais sobre os planos odontológicos da Uniodonto, clique aqui.

Sedes em Blumenau e Criciúma- Escritórios em Joinville - Itajaí - Rio do Sul - Chapecó - Florianópolis

Responsável Técnico Uniodonto Administradora (CRO-SC-EPAO-327) Dr. Beato Ari Stingelin - (CRO-SC-558)
Rua Vitória, 123 - Bairro Centro - Blumenau - Santa Catarina - CEP: 89010-250 - Fone / Fax: (47) 3037-8000
Responsável Técnico Uniodonto Federação (CRO-SC-EPAO-630) - Dr. Marcos Adolf Prinz (CRO-SC 2387)
Rua João Pessoa, 10 - Bairro Centro - Blumenau - Santa Catarina - CEP: 89012-473 - Fone / Fax: (47) 3041-8070